Damares Alves cobra inclusão de influenciador petista no inquérito das milícias digitais

O pedido cita reportagem do Estadão, a qual cita que Thiago Reis consegue audiência com vídeos que espalham desinformação sobre adversários do governo
12/6/24 às 10:54, Atualizado em 12/6/24 às 11:00

Marcos Oliveira/Agência Senado

A senadora Damares Alves (Republicanos-DF) enviou, na noite desta terça-feira (11), ofício ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes solicitando a inclusão do influenciador petista Thiago dos Reis no inquérito 4874, conhecido popularmente como “inquérito das milícias digitais”.

Reis é citado em reportagem do jornal O Estado de São Paulo, o qual atribui ao influenciador vídeos que misturam desinformação e agressividade contra adversários políticos, e que beneficiam o governo.

O ofício lembra, ainda, que o influenciador acumula processos judiciais o que, para a parlamentar, indica que ele “nutre total repulsa ao sistema judiciário”, uma vez que jamais foram encontradas ordens judiciais proferidas em desfavor dele que tenham sido cumpridas.

“Por certo, vossa excelência, ao manter o presente inquérito ativo, pretende atuar no combate a todo tipo de conduta eivada de desinformação nas redes sociais e, de forma imparcial, deve apurar a situação descrita na matéria jornalística indicada e inibir qualquer tipo de desinformação, que fere as liberdades democráticas ao induzirem o público a formarem opiniões, positivas ou negativas, muitas vezes, sob a influência de falsas premissas conscientemente propagadas, como rotineiramente ocorre com o denunciado”, afirma a senadora na manifestação.

A senadora, por meio de sua assessoria jurídica, afirma que a inclusão do influenciador no inquérito tem por objetivo apurar eventuais crimes por ele praticados.

Em uma rede social, Damares Alves disse ainda que há denúncias de existência de um grupo que, segundo as reportagens, espalha desinformação a partir do comando do Planalto.

“E já que o ministro Alexandre de Moraes está tão empenhado em acabar com fake news, dei a ele a oportunidade de incluir os esquerdistas nesse inquérito”, conluiu.

Assessoria de Comunicação


(61) 98190-0722

Whatsapp

Senado Federal Anexo 2 Ala Teotônio Vilela Gabinete 04

(61) 3303-3265

SQN Qd 2, Bl J, 10º andar - Ed. Eng. Paulo Mauricio - Asa Norte

(61) 3273-5340

Fale com a Senadora